13 coisas que você não sabia sobre a água

Print Friendly

Pessoal,

A Editora Abril publicou, recentemente, um Guia bastante propício para o momento que estamos vivendo. Através do Planeta Sustentável, iniciativa multiplataforma que acompanha, produz e dissemina conhecimento sobre os principais desafios do nosso tempo, o material foi desenvolvido com o incentivo de grandes empresas, como Abril Editora, CPFL Energia, Bunge, Petrobrás e Caixa.

Agua1
Este Guia é super interessante pois tenho certeza que ninguém sabe destas informações! Assim quem sabe todos nós ficamos mais conscientes e preocupados com o futuro no nosso planeta.

 

1 – Você pode participar deste debate: A falta de água é geral em todo mundo,participe deste debate antes que a água acabe, em especial, no seu país, estado, cidade, bairro e rua.

2 – A água dura para sempre: Mas pode não ser eterna para nós.  Estamos sujando e alterando seu comportamento a tal ponto que está cada vez mais difícil ter água para beber, plantar, cozinhar…

agua3

3 - A melhor maneira de economizar água é comendo melhor: Usamos 70% da água disponível no mundo para produzir comida. Por isso, ao evitar o desperdício, você poupa esse recurso natural.

4 – A água ajuda a aprender mais: Crianças com acesso a água tratada e coleta de esgoto têm mais qualidade de vida e saúde. Por isso faltam menos e passam mais tempo na sala de aula.

5 – Metade dos Municípios brasileiros utilizam água subterrânea: Existe água debaixo de quase 50% da extensão do País, que retiramos cada vez mais para suprir nossas necessidades.

6 – A água já causou muitas guerras: Nos últimos 50 anos, aconteceram 37 disputas violentas por água no mundo. No Brasil também existem tensões.

7 - No mundo,mulheres andam até 6 km por dia para conseguir água: Em alguns países africanos, elas caminham até oito horas – e nem sempre a água obtida está limpa.

agua4

8 – Há mais de 300 rios invisíveis só em São Paulo: Toda cidade nasce onde há água. Na capital paulista, você nunca está a mais de 200 metros de um rio, um córrego, um riacho…

9 - De cada dez litros de água tratada quase quatro se perdem por vazamentos e fraudes: Essa água desaparece antes mesmo de chegar até as casas ou indústrias. Esse índice é alto, se comparado a outros países.

10 - Todo lixo jogados nas ruas vai parar nos mares: Mesmo que você esteja longe da praia ou de um rio, tudo o que se joga fora do lugar correto sempre vai para a água.

11 - Plantar árvores salva rios: Assim como os cílios protegem nossos olhos, a mata ciliar, que cresce na margem de rios e lagos, protege a água de sujeiras.

agua5

12 – Cabelos e pelos de animais causam entupimentos nos esgotos: Jogadas no ralo ou na privada, essas fibras representam metade do lixo que para nas grades de retenção das estações e causam panes.

13 – O aquecimento global muda a chuva de lugar: Falar em mudança climática pode soar distante e até chato, mas ela está acontecendo. Inclusive no Brasil.

agua6

Legal né? Para muito mais informações, clique aqui para ter o guia completo de sobre este Guia da Água.

Beijos

Enfim Casada: o primeiro Blog feito para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Dica do Dia: papel toalha e guardanapos

Print Friendly

Pessoal,

Este mês fechamos uma parceria muito bacana com uma marca que amamos e que tem tudo a ver com o blog: Kitchen papel toalha e guardanapos.

Quem aí conhece? Bom se você não conhece pelo nome com certeza vendo a foto abaixo vai perceber que não só conhece como tem os produtos da marca em casa desde sempre:

ec9

Recebemos diversos produtinhos em casa e testamos todos eles!! Eles tem alguns tipos de papel toalha e guardanapos, todos de excelente qualidade, daqueles que dá pra confiar de olhos fechados sabe?!

Agora que estamos abastecidas de Kitchen (hehe) vamos dar algumas dicas nos próximos meses de utilidades para o papel toalha e até mesmo o guardanapo.

Claro que as dicas básicas todos já conhecem, mas daremos dicas de uso do papel toalha para limpeza da casa (sim, dá pra fazer isso e é mega prático e higiênico), daremos dicas para usar guardanapo como peça de decoração na mesa para receber os amigos… e daremos até dicas de como cozinhar pratos usando papel toalha! Tem tanta coisa bacana que dá pra fazer com estes 2 produtos que vocês nem imaginam.

Estamos SUPERFELIZES com esta parceria! Olhem alguns produtos que ganhamos e que vamos testar nos próximos meses:

Toalhas de papel decoradas

ec7

Guardanapos 

ec8

Toalhas de papel

ec6

Toalhas de papel gigante (meu preferido)

ec1

ec2

Toalhas de papel jumbo

ec4

Olha como elas são divididas em quadrados ou retângulos, é muito top pra limpeza da casa:

ec5

Apenas para saberem a marca Kitchen, é uma das mais tradicionais marcas do Brasil no segmento de papéis absorventes e apresenta toalhas de papel altamente resistentes e superabsorventes, nas versões multiuso, colorida, decorada, 3 rolos e multipacotes, além de guardanapos superabsorventes e ultra macios, nas versões pequenos, grande e coloridos.

Espero que gostem desta parceria, e tenham a certeza que vem muita dica útil por aí para todos vocês!

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro Blog feito para recém-casadas e donas de casa.

Esta postagem foi um oferecimento da Kitchen.

Você também pode gostar de:


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Casamento: tênis ou frescobol??

Print Friendly

Pessoal,

Recentemente li esse texto do psicanalista e pensador Rubem Alves sobre relacionamento e me identifiquei muitoooooooo… ele divide os casamentos em dois grupos: aqueles que parecem uma partida de tênis e aqueles que se assemelham a uma de frescobol.

Na primeira modalidade de união, o objetivo é jogar uma bola forte e enviesada de forma a fazer o outro errar. No final, um ganha e o outro perde. E o jogo acaba.

Já no joguinho que costuma acontecer na praia, com os dois relaxados, a bola vai de forma suave de um lado para o outro, e ninguém quer que o parceiro erre – já que o erro implica parar tudo e esperar a procura da bola, que pode até se perder no mar.

Não vou falar muito mais pois TODOS devem ler ele!

c4

“Depois de muito meditar sobre o assunto concluí que os casamentos (relacionamentos) são de dois tipos: há os casamentos do tipo Tênis e há os casamentos do tipo Frescobol.

Os casamentos do tipo tênis são uma fonte de raiva e ressentimentos e terminam mal. Os casamentos do tipo Frescobol são uma fonte de alegria e têm a chance de ter vida longa. Explico-me.

Para começar, uma afirmação de Nietzche, com a qual concordo inteiramente. Dizia ele: “Ao pensar sobre a possibilidade do casamento, cada um deveria se fazer a seguinte pergunta:
“Você crê que seria capaz de conversar com prazer com esta pessoa até sua velhice?”
Tudo o mais no casamento é transitório, mas as relações que desafiam o tempo são aquelas construídas sobre a arte de conversar.

Sherezade sabia disso. Sabia que os casamentos baseados nos prazeres da cama são sempre decapitados pela manhã, e terminam em separação, pois os prazeres do sexo se esgotam rapidamente, terminam na morte, como no filme O Império dos
Sentidos. Por isso, quando o sexo já estava morto na cama, e o amor não mais se podia dizer através dele, Sherezade o ressuscitava pela magia da palavra: começava uma longa conversa sem fim, que deveria durar mil e uma noites. O sultão se calava e escutava as suas palavras como se fossem música. A música dos sons ou da palavra – é a sexualidade sob a forma da
eternidade: é o amor que ressuscita sempre, depois de morrer. Há os carinhos que se fazem com o corpo e há os carinhos que se fazem com as palavras.

E contrariamente ao que pensam os amantes inexperientes. Fazer carinho com as palavras não é ficar repetindo o tempo todo:
“Eu te amo”. Barthes advertia: “Passada a primeira confissão, eu te amo não quer dizer mais nada”. É na conversa que o nosso verdadeiro corpo se mostra, não em sua nudez anatômica, mas em sua nudez poética. Recordo a sabedoria de Adélia
Prado: “Erótica é a alma”.
Tênis é um jogo feroz. O objetivo é derrotar o adversário. E a sua derrota se revela no seu erro: O outro foi incapaz de devolver a bola. Joga-se tênis para fazer o outro errar. O bom jogador é aquele que tem a exata noção do ponto fraco do seu adversário, é justamente para aí que ele vai dirigir sua cortada. Palavra muito sugestiva – que indica o seu objetivo sádico, que é o de cortar, interromper, derrotar. O prazer do tênis se encontra, portanto, no momento em que o jogo não pode mais continuar porque o adversário foi colocado fora de jogo. Termina sempre com a alegria de um e a tristeza de outro.

Frescobol se parece muito com o tênis: dois jogadores, duas raquetes e uma bola. Só que, para o jogo ser bom, é preciso que nenhum dos dois perca. Se a bola veio meio torta, a gente sabe que não foi de propósito e faz o maior esforço do mundo para devolvê-la gostosa, no lugar certo, para que o outro possa pegá-la. Não existe adversário porque não há ninguém a ser derrotado. Aqui ou os dois ganham ou ninguém ganha. E ninguém fica feliz quando o outro erra. O erro de um, no frescobol, é um acidente lamentável que não deveria ter acontecido. E o que errou pede desculpas, e o que provocou o erro se sente culpado. Mas não tem importância: começa-se de novo este delicioso jogo em que ninguém marca pontos…

A bola: são nossas fantasias, irrealidades, sonhos sob a forma de palavras. Conversar é ficar batendo sonho prá lá, sonho prá cá….
Mas há casais que jogam com os sonhos como se jogassem tênis. Ficam à espera do momento certo para a cortada. Tênis é assim: recebe-se o sonho do outro para destruí-lo, arrebentá-lo, como bolha de sabão.. O que se busca é ter razão e o que se ganha é o distanciamento. Aqui, quem ganha sempre perde.

Já no frescobol é diferente: o sonho do outro é um brinquedo que deve ser preservado, pois se sabe que, se é sonho, é coisa delicada, do coração.

O bom ouvinte é aquele que, ao falar, abre espaços para que as bolhas de sabão do outro voem livres ao vento. Bola vai, bola vem – cresce o amor… Ninguém ganha, para que os dois ganhem. E se deseja então que o outro viva sempre, eternamente, para
que o jogo nunca tenha fim…”

ec4

TOP né? Qual é o de vocês?!??!

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro Blog feito para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:


Tags: , , , , , , , , ,

Parede de tijolo

Print Friendly

Pessoal,

Hoje é dia de compartilhar com vocês mais uma pastinha que estou fazendo com referências de decoração pra minha casinha nova (que ainda não existe, mas as referências estão todas prontas hehehe e só comprar e fazer).

Quem aí já viu que tá SUPER na moda aquelas paredes de tijolo em casa? Acho mega fofas e charmosas e dão um toque único na decoração… tem de diversos tipos: mais rústicos, mais clássicos, com cores de tijolo mais fortes, mais provençais… com tijolo branco… com tijolo inteiro, com tijolo quebrado. Tem de tudo!!! Basta olhar tudo que tem de ideia e escolher uma pra sua casinha.

Eu amo todas, mas minha preferida… segredindo hehehee. Qual é a preferida de vocês!?

Você pode fazer esta parede no quarto, na sala, no lavabo, na cozinha, no banheiro. Onde quiserem!!!!

Ahhhh e pra fazer é só chamar um pedreiro, ou para quem tiver maridão ativo nos deveres da casa ele pode arriscar também. O preço é super justo e dá um charme na casa que vale qualquer investimento.

Vejam algumas referências abaixo:

ec7

ec9

ec5

ec1

ec12

ec

ec6

ec3

ec2

ec10

ec4

ec8

02

ec11

Espero que tenham gostado da dica rápida e diferente de hoje!!! Façam em suas casinhas que não irão se arrepender!

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro Blog feito para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 Page 1 of 50  1  2  3  4  5 » ...  Last » 

Mantido por Absoluto Web.