jul 242019

Como Funcionam as Cotas

Em breve será realizada mais uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2019. Os estudantes que participarão do exame poderão acompanhar abaixo a relação do Enem com o Sistema de Seleção Unificada e informações importantes sobre as Cotas Sisu 2020. O Enem, como todos já sabem, é a porta de entrada para o ensino superior do país, principalmente na rede pública, já que a grande maioria das instituições seleciona seus candidatos através do Sisu 2020, que utiliza as notas obtidas no exame para classificar os candidatos.
O Sisu teve sua primeira edição em 2010, quando selecionou os candidatos de acordo com os seus desempenhos obtidos no Enem 2009, que foi a primeira edição do Novo Enem.
Em agosto de 2012 uma significativa mudança foi implementada nas regras do Sisu: a lei nº 12.711, conhecida como a Lei de Cotas. Com a aprovação da Lei, o MEC – Ministério da Educação atualizou as regras do Sisu, justamente para se adequar à Lei de Cotas. A Lei prevê que parte das vagas em instituições públicas
seja reservada a cotistas, que são os candidatos que cursaram o ensino médio integralmente em escolas públicas.
De acordo com a Lei de Cotas, em 2013 pelo menos 12,5% das vagas em instituições públicas deveriam ser reservadas aos cotistas. Este percentual deveria ser ainda maior nos anos seguintes: 25% em 2014 e 37,5% em 2018. Em 2019 o percentual de vagas reservadas chega ao seu teto, conforme disposto na Lei, de 50%, ou seja, pelo menos 50% das vagas das instituições devem ser reservadas para as Cotas Sisu 2020.

Como Funciona?

No momento da inscrição Sisu o candidato deverá escolher se concorrerá às vagas em Ampla Concorrência ou às vagas reservadas, que são ainda divididas em subgrupos, de acordo com critérios de renda familiar e também de cor e raça (pretos, pardos e indígenas). Dessa forma, serão cinco grupos:

– Ampla Concorrência;
– Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente
em escola pública, que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio
por pessoa e que se declarem pretos, pardos ou indígenas;
– Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente
em escola pública, que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio
por pessoa, independente da raça;
– Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente
em escola pública e que se declarem pretos, pardos ou indígenas, independente
da renda familiar por pessoa;
– Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente
em escola pública, independente da raça e da renda familiar por pessoa.

Datas e Inscrições

As inscrições estarão disponíveis em janeiro, após a divulgação dos resultados do Enem 2019. Para se inscrever no Sisu 2020 o estudante deverá acessar o
site oficial do sistema, disponível no endereço eletrônico, e informar Número de Inscrição e Senha do Enem 2019. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso e será realizada apenas uma chamada pelo sistema. Aqueles que não forem selecionados na primeira chamada deverão participar da Lista de Espera do Sisu
2020
e acompanhar o andamento das convocações junto das instituições participantes, que são as responsáveis pela seleção dos candidatos a partir da
segunda chamada.
Lembramos que os candidatos que se inscreverem para as vagas de Cotas Sisu 2020 deverão comprovar as informações prestadas, sob pena de eliminação do sistema.