Maio 182021

Você sabe do que se tratam as vagas remanescentes do ProUni 2022? Elas são oportunidades que não foram preenchidas por outros alunos ou professores da rede pública e que ainda estão disponíveis para quem deseja elevar seu patamar profissional.

Os interessados em concorrer à estas oportunidades do Programa Universidade para Todos devem conferir no site o prazo para tal. Esse prazo é sempre divulgado com antecedência e ajuda para que alunos se programem.

Atualmente, o processo é feito online, após uma mudança nas regras anunciadas pelo Ministério da Educação (MEC) que perdura já há anos e que facilita em demasiado o processo. Saiba mais sobre o assunto.

Vagas Remanescentes do Prouni 2022

As vagas remanescentes, de maneira geral, são vagas que “sobraram” após os processos de preenchimento em exames, concursos ou até mesmo empregos. Em suma, mesmo após diversos processos, elas não foram preenchidas.

Ao se tratar do ProUni 2022, a ideia não é muito diferente. Suas vagas remanescentes que não foram preenchidas em cada um de seus processos de seleção, permitem que outras pessoas tenham a chance.

Segundo o diretor de Políticas e Programas do Graduado do MEC, Dilvo Ristoff, na maioria dos casos, as bolsas não são concedidas na primeira etapa do programa pois os cursos para os quais o candidato se matricula não enchem o suficiente.

Porém, existem diversos outros motivos para o não-preenchimento das vagas remanescentes Prouni, como documentação incorreta, fora do prazo, a não confirmação dos pré-requisitos necessários para obter o financiamento do programa e mais problemas.

ProUni 2022

Criado em 2004 pelo Governo Federal, o Prouni (Programa Universidade para Todos) tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo (integrais e parciais) em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas.

O programa é direcionado aos estudantes que estudaram o ensino médio na rede pública ou rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de três salários mínimos e já atendeu a, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre, mais de 1,9 milhão de estudantes, sendo 70% com bolsas integrais.

Para se candidatar a uma bolsa no Prouni você precisa atestar as condições abaixo:

  • Ter renda familiar de no máximo 3 (três) salários mínimos;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em escola privada com bolsa integral da instituição;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola pública e parcialmente em escola privada com bolsa integral da instituição;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício, integrando o quadro permanente da instituição, e estar concorrendo a vaga em curso de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Neste caso, a renda familiar por pessoa não é considerada.

Se você se enquadra nas condições acima e prestou o ENEM, é só ficar de olhos nas datas divulgadas pelo MEC para o inicio das inscrições do processo seletivo que pode funcionar em três etapas:

  • Inscrição e pré-seleção: onde você faz tua inscrição e informa as opções de bolsa e instituição (que podem ser até 5). Nessa mesma etapa você será classificado pelo Sistema do Prouni de acordo com a nota da prova e as opções de curso escolhido. Caso tenha sido pré-selecionado para ocupar a vaga em questão você deve seguir a etapa abaixo.
  • Aferição das informações pela instituição escolhida: depois de ter sido pré-selecionado você deverá comparecer à instituição de ensino escolhida, com os documentos que comprovam as informações cadastras na inscrição.
  • Seleções feitas pelas instituições: se os documentos levados na averiguação estiverem de acordo a instituição pode optar, ou não, por fazer um processo seletivo interno para definir se você ganhará a bolsa ou não.

Depois de aprovado na última seleção (ou na aferição das informações) você precisará efetuar a matricula na instituição de ensino escolhida.

Requisitos para as Vagas Remanescentes

O ProUni 2022 oferece bolsas integrais e parciais em instituições de ensino superior privadas para educação de estudantes de baixa renda. Além disso, ele aborda também professores da rede pública e alunos com bolsas em escolas particulares.

É preciso confirmar essas opções também ao se falar de vagas remanescentes do programa, através de documentações específicas e solicitadas pela universidade.

Entenda melhor:

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

  • Após a inscrição on-line, os candidatos terão dois dias para confirmar as informações na instituição de ensino onde pretendem ingressar nos dias.
  • Em seguida, a instituição deve registrar a confirmação das informações no sistema de computador ProUni (SisproUni).
  • Se o aluno não comparecer ou a instituição não registrar o preenchimento da bolsa, ela retorna sendo oferecida pelo sistema em forma de vagas remanescentes no programa.

Outra novidade no preenchimento destas vagas é que agora os alunos já matriculados nos cursos, que atendem aos requisitos do programa, mas não possuem a bolsa, podem reclamar o benefício.

Inscrições Vagas Remanescentes do Prouni 2022

Para realizar a inscrição no ProUni 2022 vagas remanescentes é simples. Basta seguir o passo a passo abaixo para compreender melhor como funciona o processo:

  • Passo 01. Primeiramente acesse o site oficial do programa – www.siteprouni.mec.gov.br – em uma data específica e divulgada antecipadamente e conferir se as oportunidades estão abertas.
  • Passo 02. Você pode ter acesso a essa informação pelo próprio site ou pelas redes sociais do programa. Feito isso, clique em “inscrever-se para vagas remanescentes ProUni”.
  • Passo 03.  Preencha seus dados conforme solicitado e aguarde a finalização de seu cadastro. Caso ainda não possua um cadastro, crie-o de forma rápida através do próprio site.
  • Passo 04. Aguarde o passo seguinte para confirmar se sua solicitação foi aceita e entenda como obter os resultados das vagas remanescentes.

Resultado Vagas Remanescentes do Prouni 2022

Para consultar os resultados ProUni 2022, novamente, é preciso acessar o site do programa. Entenda também no passo a passo a seguir:

  • Passo 01. Ao entrar, será solicitado que você inclua seu CPF e senha virtual – que são os dados usados no ENEM do ano anterior à tentativa de bolsa.
  • Passo 02. Preencha os dados e clique no link com os resultados. Caso tenha sido aceito, encaminhe-se à universidade com os documentos necessários em mãos e finalize sua inscrição no curso.
  • Passo 03. É importante ficar atento a prazos, uma vez que, com as vagas remanescentes ProUni, pode ser que você receba faltas devido ao início do processo letivo.
  • Passo 04. Confirme com a instituição as formas de se livrar dessa situação ou de acordar (por contrato) novamente ela. Sua documentação estará passível de análise, podendo demorar alguns dias para que saia o resultado realmente final de sua inscrição.
  • Passo 05. Entre em contato com a universidade para obter essa informação.

Sabendo tudo sobre as vagas remanescentes ProUni você pode manter as esperanças de cursar as matérias dos sonhos em uma universidade de qualidade e de sua escolha – desde que ela seja uma parceira do programa!

Não se esqueça de deixar sua dúvida nos comentários sobre as vagas remanescentes do Prouni 2022 caso seja necessário, responderemos ela prontamente! Além disso, confira nossos outros artigos sobre o assunto ProUni! Obrigado pela leitura e boa sorte!

ago 132020

Todos os cidadãos tem a obrigação de manter-se em dia com a Receita Federal, isso é feito através do Imposto de Renda cobrado anualmente. Para o cidadão administrar os seus cálculos e ficar ciente do valor do imposto que terá que pagar, é necessário que o mesmo consulte a tabela IRRF 2022. Esse imposto é uma das taxas mais caras entre as que são cobradas no Brasil, o trabalhador brasileiro tem a obrigação de contribuir. Saiba mais sobre a tabela IRRF 2022, continue lendo este artigo!

Saiba como funciona a tabela IRRF 2022

IRFF 2022 e a tabela IRRF 2022 são tarifas que a Receita Federal arrecada, para todos os trabalhadores de 2019 que recebem mais de R$ 1.903,98 por mês a taxa é cobrada obrigatoriamente. Observe como funciona a tabela do Imposto de Renda com todas as alíquotas atualizadas para o cálculo de desconto:

  • Salário de 1.903,98 até 2.826,65 é aplicada a alíquota de 7,5%, com isso a parcela a deduzir do IRPF fica em R$ 142,80;
  • Salário de 2.826,65 até 3.751,05 é aplicada a alíquota de 15%, com isso a parcela a deduzir do IRPF fica em R$ 354,80;
  • Salário de 3.751,05  até 4.664,68 é aplicada a alíquota de 22,5%, com isso a parcela a deduzir do IRPF fica em R$ 636,13;
  • Salário acima de 4.664,68 é aplicada a alíquota de 27,5%, com isso a parcela a deduzir do IRPF fica em R$ 869,36;

É importante salientar que a quantia que é descontada no pagamento do salário do trabalhador, varia conforme o valor do seu salário.

Como mostra a tabela, os trabalhadores que recebem de 1.903,99 até 2.826,65 a alíquota IRRF é de 7,5% que corresponde á 142,80 parcelas.

Para o trabalhador que recebe um valor de 3.751,06 até 4.664,68 a alíquota IRRF é de 22,5% que corresponde á 869,36 parcelas, percebe-se que de acordo com o valor do salário do trabalhador é cobrado uma alíquota específica e a mesma é dividida em parcelas específicas para esse salário.

Como calcular o IRRF 2022?

Muitos cidadãos têm pavor quando pensam em declarar Imposto de Renda 2022. Esse processo pode não ser tão difícil assim!

Para calcular IRRF 2022 a Receita Federal disponibiliza em seu site a declaração dos Tributos Efetivados, entre outros serviços da mesma.

Entre esses serviços disponíveis existe uma opção específica que simula o valor de cada imposto, assim os cidadãos conferem sua alíquota efetiva, as quantias aproximadas que o trabalhador terá que quitar.

O site disponibiliza essa opção de forma simples para que o cidadão que precisar consultar sua alíquota, possa usufruir desse serviço sem problemas. Para ter acesso a esse serviço, te ensinaremos passo a passo:

  • Clique aqui, para acessar o portal eletrônico da Receita Federal;
  • Clique na opção “Cálculo mensal”;
  • Em seguida clique nos campos indicados pelo simulador de imposto de renda 2019, informe os valores que estão sendo pedido e automaticamente você terá acesso aos resultados.

Como funciona as alíquotas IRRF 2022?

O que determina o valor da tabela IRRF 2022 – Imposto de Renda rendido na fonte são as alíquotas que varia de acordo com o salário do contribuinte, é primordial que o trabalhador compreenda que as cotas não incidem sobre o valor final do pagamento e sim sobre as frações que recebem taxas, para melhor entendimento vamos a um exemplo.

Um trabalhador que recebe o valor de 3.800,00 seu tributo ficará dessa maneira:

  • Serão isentos o valor de R$ 1.903,98;
  • Será tabelado com a alíquota de 7,5% o valor de R$ 922,66;
  • Será tabelado com a alíquota de 15% o valor de R$ 924,99;
  • Será tabelado com a alíquota de 22% o valor de R$ 48,94.

Alíquotas IRRF 2022 sobre renda fixa

É importe o trabalhador saber que as taxas não são aplicadas apenas em pagamentos mensais mas também sobre aplicação financeira, como por exemplo:

  • O Tesouro Direto;
  • LC – Letra de Câmbio;
  • COE – Certificado de operações estruturadas;
  • CDB – Certificado de depósito bancário.

Alíquotas da tabela IRRF 2022 do ano de 2022 sobre os fundos de longo prazo e aplicações de renda fixa:

  • Para aplicações com o prazo de 180 dias, alíquotas de 22,5%;
  • Para aplicações com o prazo de 181 até 360, alíquotas de 20%;
  • Para aplicações com o prazo de 361 á 720, alíquotas de 17,5%.

As alíquotas serão cobradas de acordo com o tempo das aplicações.

Para alíquotas de imposto de renda fundo de curto prazo, funcionará dessa forma:

  • Para aplicações com o prazo de 180 dias, alíquotas de 22,5%;
  • Para aplicações com o prazo acima de 180 dias, alíquotas de 20%.

Para alíquotas da tabela IRRF 2022 sobre o fundo de ações:

  • 15%.

Para alíquotas de renda variável:

  • 0,005%.
Maio 242020

Como Funcionam as Cotas

Em breve será realizada mais uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2020. Os estudantes que participarão do exame poderão acompanhar abaixo a relação do Enem com o Sistema de Seleção Unificada e informações importantes sobre as Cotas Sisu 2022. O Enem, como todos já sabem, é a porta de entrada para o ensino superior do país, principalmente na rede pública, já que a grande maioria das instituições seleciona seus candidatos através do Sisu 2022, que utiliza as notas obtidas no exame para classificar os candidatos.
O Sisu teve sua primeira edição em 2010, quando selecionou os candidatos de acordo com os seus desempenhos obtidos no Enem 2009, que foi a primeira edição do Novo Enem.

Em agosto de 2012 uma significativa mudança foi implementada nas regras do Sisu: a lei nº 12.711, conhecida como a Lei de Cotas. Com a aprovação da Lei, o MEC – Ministério da Educação atualizou as regras do Sisu, justamente para se adequar à Lei de Cotas. A Lei prevê que parte das vagas em instituições públicas
seja reservada a cotistas, que são os candidatos que cursaram o ensino médio integralmente em escolas públicas.

De acordo com a Lei de Cotas, em 2013 pelo menos 12,5% das vagas em instituições públicas deveriam ser reservadas aos cotistas. Este percentual deveria ser ainda maior nos anos seguintes: 25% em 2014 e 37,5% em 2018. Em 2019 o percentual de vagas reservadas chega ao seu teto, conforme disposto na Lei, de 50%, ou seja, pelo menos 50% das vagas das instituições devem ser reservadas para as Cotas Sisu 2020.

Como Funciona?

No momento da inscrição Sisu o candidato deverá escolher se concorrerá às vagas em Ampla Concorrência ou às vagas reservadas, que são ainda divididas em subgrupos, de acordo com critérios de renda familiar e também de cor e raça (pretos, pardos e indígenas). Dessa forma, serão cinco grupos:

  • Ampla Concorrência;
  • Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente
    em escola pública, que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio
    por pessoa e que se declarem pretos, pardos ou indígenas;
  • Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente em escola pública, que tenham renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa, independente da raça;
  • Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio  integralmente em escola pública e que se declarem pretos, pardos ou indígenas, independente da renda familiar por pessoa;
  • Candidatos que tenham cursado o Ensino Médio integralmente em escola pública, independente da raça e da renda familiar por pessoa.

Datas e Inscrições

As inscrições estarão disponíveis em janeiro, após a divulgação dos resultados do Enem 2022. Para se inscrever no Sisu 2022 o estudante deverá acessar o site oficial do sistema, disponível no endereço eletrônico, e informar Número de Inscrição e Senha do Enem 2022. Cada candidato pode escolher até duas opções de curso e será realizada apenas uma chamada pelo sistema. Aqueles que não forem selecionados na primeira chamada deverão participar da Lista de Espera do Sisu 2022 e acompanhar o andamento das convocações junto das instituições participantes, que são as responsáveis pela seleção dos candidatos a partir da
segunda chamada.

Lembramos que os candidatos que se inscreverem para as vagas de Cotas Sisu 2022 deverão comprovar as informações prestadas, sob pena de eliminação do sistema.

Maio 122020

Procurando por simulados gratuitos para se preparar para a prova oficial do Encceja? Então saiba que está no lugar certo, pois aqui reunimos os melhores portais de simulados e o melhor, são todos gratuitos. Para conferir basta apenas continuar nos acompanhando!

O que é Encceja?

Antes de tudo, é de suma importância que você saiba o que é o Encceja. O mesmo é uma forma que o Governo encontrou para dá a oportunidade às pessoas que ainda não concluíram o ensino médio na idade adequada e que desejam ter seu diploma nas mãos.

Para realizar as inscrições Encceja 2021 é necessário ter idade mínima de 15 anos; já para o teste do ensino médio, a idade mínima é 18.

E assim como qualquer outro exame, é preciso que os candidatos estejam preparados. Afinal de contas, serão abordadas questões de diversos assuntos envolvendo todas as matérias do ensino médio.

Para se preparar para a prova do Encceja, existem hoje em dia alguns sites gratuitos que disponibilizam simulados como o Encceja, assim, é uma forma dos participantes se preparem, revisarem os assuntos e ter uma noção de como funciona a prova oficial. Além dos simulados, é necessário que os candidatos tenham acesso ao cronograma Encceja 2021 para que assim possa organizar seus estudos.

Simulados Gratuitos para se preparar para o Encceja

Assim como já mencionamos neste post, existem vários simulados gratuitos disponíveis na internet para que os participantes possam se preparar para a prova do Encceja.

Abaixo, listamos os 4 (quatro) principais. Veja:

1 – Blog do Enem

O Blog do Enem é um dos sites mais acessados por aqueles que estão se preparando para a prova do Encceja. Através dele, você pode escolher a matéria que deseja estudar, realiza o simulado e tem acesso ao resultado ao finalizar a prova.

2 – Aplicativo Simulado Encceja Ensino Médio

Outra opção de simulado para se preparar para Encceja é o app do próprio programa. O mesmo é um grande diferencial entre os demais disponíveis, já que a simulação pode ser feita através de aplicativo fácil e rápido de usar. Para isso, basta apenas baixar o app no seu celular ou Smartphone e e escolher a matéria ou área que deseja fazer os testes – são mais de quatro mil questões!

3 – Portal EBC

O Portal EBC não é apenas voltado para o Encceja, mas também para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O mesmo pode ser utilizado como forma de estudo para o Encceja, uma vez que são abordadas questões de todos os níveis e assuntos.

Clique aqui para conferir!

4 – Super Vestibular

Quarta e última sugestão da lista é o Super Vestibular. O mesmo também não é voltado especificamente para o Encceja, porém pode ser usado já que possui temáticas idênticas a algumas cobradas da prova.

abr 222020

CNH conta com exame teórico e prova prática

Através do simulado DETRAN MG é possível se preparar para o exame teórico da CNH. Na prova o candidato precisar acertar 21 questões e fazer 70% da prova. Para passar pelo exame o simulado DETRAN MG é um meio de estudar e fixar o seu conhecimento sobre as legislações de trânsito. Para ver como fazer o simulado veja a seguir.

O simulado prepara o candidato com um teste, que oferece questões baseadas na legislação brasileira de trânsito. Confira.

É de extrema importância lembrar que quando você adquire um veículo terá que cumprir com suas obrigações, entra elas os impostos a serem pagos, como o Licenciamento, Seguro DPVAT MG e IPVA.

Tirar a Carteira Nacional de Habilitação

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é permitida para:

  • Candidatos com 18 anos completos;
  • Que saibam ler e escrever;
  • Apresente RG e CPF;
  • O primeiro passo para conseguir o documento é ir ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito) da sua cidade para o cadastro biométrico.

Após é permitido fazer os exames médicos e psicotécnicos.

Estes exames são liberados nas clínicas autorizadas pelo órgão de trânsito da cidade. No exame é verificada a visão, pressão, e eficiência motora.

Com a aprovação o candidato precisa inscrever num Centro de Formação de Condutores (CFC). No local ele inicia o curso teórico, obrigatório de 45 horas aulas e pode fazer o simulado DETRAN 2022 para auxiliar.

Ao ser aprovado ele começa as aulas práticas em autoescolas credenciadas. Antes de partir para as aulas no carro é feito o simulador.

Com a conclusão das aulas obrigatórias, a autoescola gera um certificado da carga horária. Na sequência ele agenda uma data para exame prático.

Ao passar, no prazo mínimo de cinco dias ele irá receber a primeira habilitação válida por um ano. Se não apresentar nenhuma multa grave depois desse tempo ele vai receber a CNH definitiva.

Curso teórico CNH

O curso teórico é a forma do candidato se preparar para o exame, assim como o DPVAT RN 2022. No entanto, todo este curso é baseado nas leis de trânsito.

Deste modo, nas aulas, o aluno tem conhecimento do seguinte conteúdo: direção defensiva, noções de primeiro socorro e legislação de trânsito (sinalização).

Ao estudar, ele vai se preparar para uma prova que apresenta 30 questões, porém, é preciso acertar apenas 21, com total de 70% da prova.

O exame é apresentado em forma de teste, com quatro alternativas, na qual somente uma é correta. Durante a prova, o recomendado é manter a calma e ter atenção na hora de responder as questões.

Placas de Trânsito da prova teórica

O Código de Trânsito Brasileiro apresenta as placas de trânsito como forma de auxiliar o motorista durante a condução na via pública.

Para auxiliar são apresentadas placas de advertência, regulamen-tação e indicação.

A placa de advertência orienta os motoristas sobre condições perigosas. Já as placas de regulamentação indicam condições, proibições, obrigações, além de restrições nas vias.

Por fim, a de indicação, orienta sobre vias, locais e os destinos. Inclusive elas orientam os condutores em percursos, serviços entre outros. Desta forma, o Simulado Detran é uma ferramenta para auxiliar os motoristas que tem dificuldade com as placas.

Simulado DETRAN MG

O Seguro DPVAT PR é uma ferramenta que prepara o novo motorista. Pelo portal o candidato pode fazer o teste teórico diversas vezes de forma gratuita.

Neste teste o aluno tem a oportunidade de rever as questões de trânsito, inclusive estudar sobre as placas. Com questões oficiais que saem do banco de dados do Detran, é possível que alguma apareça até na prova original.

Na hora de responder basta escolher entre as alternativas, lembrando que apenas uma é a correta.

Faça o Simulado DETRAN MG

Para fazer o simulado de Minas Gerais, confira as orientações abaixo:

  • O novo motorista deve entrar aqui e acessar a página do Detran de Minas Gerais;
  • Em seguida vai ser aberta a prova com as questões;
  • Coloque o seu nome;
  • Logo a prova vai ser aberta;
  • O usuário deve escolher apenas uma alternativa;
  • Para responder marque entre as alternativas (A,
    B, C, D);
  • Faça o teste e ao final confira o gabarito e sua classificação.
abr 012020

Como saber se tenho direito a receber o PIS

O Programa de Integração Social (PIS) é um recurso proporcionado pela CLT que permite o pagamento do abono salarial. Este valor é direito do trabalhador brasileiro, mas nem todos podem receber. Para não perder o saque do PIS, é necessário ficar atento a quem pode receber e às datas. Veja a seguir como saber se você tem direito a receber o PIS.

Como funciona o PIS?

O Programa de Integração Social (PIS) é um recurso proporcionado para os trabalhadores que prestam serviços de acordo com a CLT. Vale lembrar que este direito é direcionado para os funcionários do setor privado.

Para os funcionários públicos, o benefício que proporciona o pagamento do abono salarial é o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP). Enquanto o PIS é administrado pela Caixa Econômica Federal, o PASEP é gerenciado pelo Banco do Brasil. As datas também são distintas, o calendário Pasep 2021 independe do PIS.

Quem tem direito a receber o PIS, precisa ficar atento ao calendário do PIS 2021 para não perder o prazo e acabar tendo o seu saque retido pelos órgãos responsáveis.

Como é efetuado o pagamento do PIS?

O pagamento do PIS é realizado de acordo com o calendário do benefício. A distribuição do valor é feita em sete lotes, dando prioridade a quem precisa de atendimento preferencial.

O valor do PIS dá-se a partir do tempo de contribuição do servidor, precisando ser no mínimo de 30 dias de serviço remunerados. O máximo a ser recebido é equivalente a um salário mínimo vigente.

Se você ainda não sabe quanto irá receber de abono salarial, precisa realizar a sua consulta pagamento do PIS 2021 e ficar informado sobre datas e saque.

Quem tem direito ao PIS?

Como você pôde conferir, tanto o PIS como o PASEP proporcionam o pagamento de um valor que é direito do trabalhador brasileiro. Entretanto, é preciso enfatizar que nem todo mundo pode sacar esse dinheiro. Para pode ter direito ao abono salarial, o contribuinte deve estar de acordo com os seguintes requisitos:

  • Ter seus dados devidamente fornecidos pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
  • Ter registro na carteira de trabalho, ou seja, cadastro no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Receber até dois salários mínimos vigentes;
  • Ter exercido ao menos 30 dias de serviço, seguidos ou não, mediante remuneração legal.

Se você está de acordo com as exigências do PIS, pode ter direito a receber o valor e precisa realizar a sua consulta. Se perder o prazo de saque, o seu benefício pode ser retido por isso esteja atento!

fev 132020

Como concorrer a bolsa integral de estudos

A Associação Cultural Brasil-Estados Unidos Acbeu, centro cultural binacional, está com as inscrições abertas até a próxima quarta-feira, 25, para os interessados em concorrer a uma bolsa integral do curso English3 (English Cubed), que visa preparar alunos de graduação para o Programa Ciência sem Fronteiras, do Governo Federal.

Para participar da seleção é necessário ter nível intermediário de inglês. Além de preencher o formulário disponível no endereço eletrônico http://www.acbeubahia.org.br/outros/English3_Applicationform.doc, o estudante precisa levar os seguintes documentos:

  • histórico escolar de 2011 (que comprove a matrícula, o período que o aluno está cursando e as notas com o seu desempenho acadêmico) em curso superior de tecnologia nas áreas indicadas no descritivo do programa Ciência sem Fronteiras;
  • comprovante do resultado no Exame Nacional do Ensino Médio Enem, com pontuação mínima de 600 pontos;
  • comprovante de renda dos pais e também do candidato à bolsa de estudos, caso trabalhe.

Conheça o programa Educa Mais Brasil 2021 e saiba como realizar cursos com bolsas de estudos de até 70%, sendo esses cursos desde o nível básico até a pós-graduação, não perca essa oportunidade incrível.

As inscrições Educa Mais podem ser realizadas pelo site oficial do programa, basta que você escolha o curso desejado e informe os seus dados de forma correta.

A duração do curso é de 15 semanas, sendo 10 horas de aulas semanais. As inscrições podem ser feitas nas secretarias da Acbeu Pituba, Vitória e Magalhães Neto, das 8h às 18h. O conteúdo programático será dividido entre preparatório para o Toefl, com 60 horas, vida acadêmica nos Estados Unidos, com 30 horas, e técnicas de redação, com 60 horas. O curso incluirá componentes presenciais e on-line, onde o estudante deverá obter uma participação de no mínimo 80% para receber seu certificado de conclusão. As aulas vão começar na primeira quinzena de maio.

Outras informações falar com Magnólia Santos pelo telefone (71) 3340-5400.

fev 102020

Queda no número de acidentes de trânsito do RS

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul pode ser acessado pelo www.detran.rs.gov.br, é o órgão responsável pela administração e fiscalização dos veículos que circulam no estado e ajuda na formação de seus condutores.

Manter a ordem e garantir a segurança dos condutores é o principal objetivo desse órgão e sua fiscalização é feita constantemente para que sejam cumpridas todas as normas de trânsito estabelecidas pelo estado, o condutor que estiver dirigindo fora o padrão estabelecido estará sujeito a multas, perda de pontos na carteira e ao rebocamento do veículo.

Nesse artigo, você aprenderá tudo de importante a respeito do site Detran RS. Continue lendo para aprender mais. E não se esqueça de compartilhar esse artigo em suas redes sociais!

Detran RS

Para possibilitar a circulação dos veículos em vias públicas, o Detran Rio Grande do Sul realiza o licenciamento de veículos, instalação e selagem de placas para facilitar a identificação dos veículos que circulam no estado.

www.detran.rs.gov.br

Você pode ter mais informações sobre o Detran RS através do www.detran.rs.gov.br, lá você poderá realizar todo o tipo de consulta sobre o seu veículo e as taxas a serem pagas. Graças a internet hoje em dia está mais fácil tirar as dúvidas que temos em relação ao veículo.

Se você desejar por exemplo consultar informações sobre o seu Seguro Obrigatório, é possível acessar o site do Detran do seu estado e conferir diversos dados.

No site do Detran Rio Grande do Sul, é possível realizar diversas consultas. Colocaremos aqui o Link do site para facilitar ainda mais sua busca, www.detran.rs.gov.br. Nele você encontrará todas as informações do seu veículo:

  • Consulta individual do veículo;
  • Consulta do CNH, calendário de licenciamento;
  • Habilitação, consultar infrações;
  • Dúvidas sobre o veículo;
  • Imposto do IPVA RS, DPVAT RS, guias de pagamento;
  • Tabela de valores;
  • Locais de atendimento CRVAs;
  • Placas e tarjetas;
  • Conferencia de chave eletrônica;
  • Alertas de veículos furtados – roubados;
  • Despachantes credenciados;
  • Consulta pontuação;
  • Serviços prestados pelos CFCs;
  • Categorias de habilitação;
  • Exame toxicológico;
  • Laudos médicos para pessoas com deficiência;
  • Suspensão do direito de dirigir;
  • Junta médica ou psicológica – candidatos com deficiência física;
  • Recurso de resultado de exame médico – avaliação psicológica;
  • Consulta extrato do auto de infração de trânsito;
  • Gui – pagamento multas – consulta notificações;
  • Apresentação de condutor infrator;
  • Requerimento para defesa – recurso de infração de trânsito;
  • Recurso a JARI – Primeira instância Administrativa;
  • Informação para estrangeiros;
  • Recurso ao CETRAN;
  • Colégio da PRF – segunda instância administrativa;
  • Dúvidas sobre o veículo;
  • Dúvidas sobre habilitação;
  • Dúvidas sobre infrações e uma série de outras coisas.

Porém, para poder utilizar todos esses recursos, será necessário saber como acessar o site Detran RS.

Site Detran RS www.detran.rs.gov.br

Para acessar o site do DETRAN RS, o interessado precisará ter em mãos um dispositivo móvel, se tiver um computador ou notebook é melhor ainda, acesso a internet. Tudo isso pode ser feito de forma rápida é prática, por isso mostraremos a vocês passo a passo o que deve ser feito para acessar o site do Detran Rio Grande do Sul.

  • detran.rs.gov.br
set 302019

Como lidar com a Demissão sem Justa Causa

Quem foi desligado da empresa onde trabalhava sem justa causa precisa conhecer quais documentos para Seguro Desemprego são necessários para solicitar o benefício. Hoje, vamos te mostrar quais documentos para Seguro Desemprego você deve apresentar. Continue conosco!

Para facilitar o acesso do cidadão aos seus benefícios foi criado o MEU INSS, uma plataforma de serviços online, que dá a oportunidade do cidadão fazer consulta, verificar serviços, fazer agendamentos, entre outras opções.

Porquinho
Porquinho

O Que é o Seguro Desemprego?

O Seguro Desemprego é um benefício criado para auxiliar todos aqueles trabalhadores que foram demitidos sem justa causa. Esse benefício é pago em dinheiro e o seu valor vai depender de dois fatores: o salário que o trabalhador recebia e o tempo que ficou empregado.

Nós sabemos como é difícil ficar desempregado, mas o mais difícil é não ter informação. Esse auxílio monetário só é pago ao trabalhador que cumprir todas as exigências do governo.

É preciso apresentar no prazo estipulado todos os documentos para Seguro Desemprego para pode receber esse benefício, caso contrário, o trabalhador perderá o direito.

O quanto antes o trabalhador apresentar os documentos para Seguro Desemprego, mais rápido será o processo de pagamento do benefício. Muitas vezes o trabalhador sequer sabe que tem direito a receber essa quantia em dinheiro.

Geralmente esse benefício é pago em 3 ou 5 parcelas, ou seja, a sua duração é temporária.

Requisitos

Você pode pensar que qualquer pessoa pode receber esse benefício, basta estar desempregada, mas infelizmente não é assim que funciona. Existem regras a seguir.

É importante que você saiba quais são os documentos para Seguro Desemprego necessários para apresentar e quais requisitos são exigidos.

Conheça os requisitos para solicitar esse benefício:

  • O trabalhador deverá ter sido desligado da empresa sem justa causa
  • Para solicitar o benefício pela primeira vez, o prazo de permanência no emprego deverá ser de 18 meses
  • Caso o trabalhador esteja solicitando esse benefício pela segunda vez, o seu prazo de permanência na empresa deverá ser de 12 meses
  • Na terceira solicitação, o prazo deverá ser de apenas 6 meses

Quem Pode Receber?

Como nós dissemos, não é qualquer pessoa que pode receber o benefício do Seguro Desemprego. Existem situações específicas que possibilitam que o trabalhador solicite esse benefício.

Abaixo listamos todas elas para você conhecer. Veja:

  • Qualquer trabalhador que tenha sido desligado sem justa causa da empresa onde trabalhava
  • Esse trabalhador deverá ser formal, pois exige-se a carteira de trabalho assinada
  • Trabalhador que teve que ser desligado da empresa sem justa causa para poder realizar algum curso em nome da empresa e custeado por ela
  • Período de pesca proibida dá o direito ao pescador de solicitar esse benefício
  • Pessoas que tenham sido resgatadas de alguma situação em que foram obrigadas a realizarem trabalho escravo também podem ser beneficiadas

Como Solicitar e Receber Esse Benefício?

O procedimento para receber e solicitar esse benefício é muito fácil. Primeiro, você faz a solicitação ao órgão responsável e depois saca essa quantia em dinheiro.

Acompanhe nosso passo a passo para você aprender.

A solicitação desse benefício deverá ser feita em qualquer órgão responsável e que seja credenciado pelo Ministério do Trabalho. Poderá ser a Caixa Econômica Federal, o SINE ou o SRTE. É importantíssimo que você leve todos os documentos para Seguro Desemprego que são RG e CPF, Termo da Rescisão Contratual, comunicação de dispensa, requerimento do Seguro Desemprego e extratos do FGTS.

O valor do Seguro Desemprego pode ser depositado diretamente em sua conta da Caixa. Se você não possuir uma, é só dirigir-se até uma agência portando um documento com foto e realizar o saque.

nov 292018

Contribuição tributária do Ministério da Fazenda

O Programa de Integração Social, é uma contribuição
tributária, que tem com objetivo de financiar o pagamento do seguro desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades, para os trabalhadores.
O PIS é administrado pelo Ministério da Fazenda e pago pela Caixa, conforme calendário PIS 2020. Sua criação teve o intuito e integrar o empregado, onde traz
benefícios, que são determinados pela lei, para promover uma melhor distribuição de renda entre os trabalhadores. Todo trabalhador que possui registro na carteira de trabalho e que se enquadra nos requisitos estabelecidos pelo Ministério do Trabalho, tem direito ao PIS.
Existe ainda muitas dúvidas em relação a esse assunto, pois
existe alguns critérios para se encaixar no benefício, a seguir iremos demonstrar todas as informações sobre o PIS e as atualizações da sobre a nova tabela PIS. Veja agora!

Quem tem direito ao PIS

O PIS 2020 é destinado a funcionários de empresas, regidos pela Consolidação das Leis do
Trabalho (CLT) onde o trabalhador deve estar cadastrado no Programa de Integração Social. E é muito importante que o empregador tenha relacionado o empregado na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), entregue ao Ministério do Trabalho.
·
Quem trabalhou de carteira assinada por pelo
menos 30 dias no ano-base;
·
Quem teve remuneração média de até dois salários
mínimos;
·
O trabalhador deve estar inscrito no PIS há pelo
menos cinco anos e a empresa deve ter informado seus dados corretamente na Relação Anual de Informação Social (RAIS).
O Programa de Integração Social PIS é garantido a todos os
empregados de empresas privadas do País, funcionando como um salário que é gerado no primeiro emprego da pessoa.
Esse pagamento do PIS é um rendimento válido somente para parte da população empregada no País. A partir daí o trabalhador passa a ter direito a consultas e saques de benefícios administrados pela Caixa, como o abono anual do PIS, o seguro-desemprego e o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
Já o calendário PIS 2020 é um cronograma de pagamento do abono salarial divulgado pelo Ministério do Trabalho, com intuito de orientar aos trabalhadores a data para o recebimento do benefício.
As datas para pagamento são separadas de acordo com o
aniversário do servidor, por isso é importante a consulta tabela do PIS 2020 pois poderá acorrer algumas mudanças.

Onde consultar o calendário?

Já vai chegando o momento de começar a realização de
pagamentos dos benefícios e alguns trabalhadores não sabem ainda como realizar a consulta calendário PIS 2020 para ficar ciente de quando poderão sacar esse valor.
A partir dessa consulta os trabalhadores podem se programar com o que fazer com esse valor, pois já terá data marcada para realizar o saque. Essa tabela do PIS 2020 é divulgada normalmente em Maio de cada ano e contém todas as datas de pagamento que serão feitas durante o ano.