Que marca de fralda é melhor?

Print Friendly

Pessoal,

Eu como mãe de primeira viagem cada dia leio e busco sobre temas diferentes. Esses dias estava pesquisando sobre marcas de fralda e qual é melhor pro baby.

Ah pra quem está pensando em ser mãe e não se acha preparada pensem em mim: eu estou grávida de 6 meses e literalmente  NUNCA NA VIDA troquei uma fralda! Sem exagero… Então acalmem-se e pensem que sempre tem uma futura mãe perdida igual vocês, #tamojuntonessa !!!!

Alguém tem alguma luz?!?!?!?

Tenho amigas que usam Pampers normal, outras que só usam Pampers roxa… outras que não podem ver na frente e só usam Huggies (que descobri recentemente que Huggies e Turma da Mônica são a mesma fralda, sempre achei que eram 2 marcas diferentes, sorry a gafe mas realmente é um mundo novo pra mim)… essas são as 3 que conheço, alguém tem mais alguma pra listinha? Deve ter né?

Mundo das Fraldas

Até agora aprendi que:

  • Recém nascidos usam de 8 a 10 fraldas por dia (DEZ FRALDAS POR DIAAAA, haja fralda e haja dinheiro pra comprar fralda né!??!?! Vou falir!!).
  • De 6 meses a um ano e meio essa quantidade pode diminuir pra 4 a 8 fraldas (UFA, mas mesmo assim 8 me parece um número enorme por dia).
  • Acima de 1 ano e meio, ou quando eles começam a andar, a quantidade diminui ainda mais, chegando a 3 a 4 fraldas por dia, até o desfralde diurno (OK, em algum momento melhora).

Marcas de Fralda

Alguma mãe que entenda de fraldas por favor me ajude a escolher a melhor :)

Vou fazer Chá de Fraldas do Antônio em breve e não sei que marca pedir… pensei em pedir Pampers mas tenho visto tantas amigas falarem da Huggies recentemente que estou na dúvida.

PAMPERS COMUM

ec1

Essa fralda me falam SUPER bem também, e é difícil ver um bebê que nunca tenha usado uma Pampers né?! Me parece o Ariel das fraldas, aquele que todo mundo tem em casa e usa um dia hehehe mas não sei!!! Nunca usei… Meu sobrinho só usa essa e nunca teve problemas (ele tem 1 ano e meio).

O que li sobre ela:

– Conta com um indicador de umidade, tecnologia que ativa uma tira, na parte externa, que muda de cor – de amarelo para azul claro (isso achei INCRÍVELLLLL, será que funciona mesmo?!?!?! Foi o que mais gostei de todas as fraldas).

– Tem laterais superelásticas e não marca as perninhas (ainda mais se o bebê for deliciosamente gordinho hehehe).

– Garante até 12 horas de máxima absorção.

– PREÇO: pacote de 40 fraldas custa R$ 35,90 (R$ 0,89 por fralda)

PAMPERS PREMIUM CARE

ec2

Essa me parece a melhor, não sei se só de ler o “premium care” na embalagem já associo a um produto extremamente bom e que vai de fato cuidar do meu baby. Mas lendo o que ela tem, fiquei mais encantada com a Pampers normal sabiam?!

O que li sobre ela:

– Absorção que isola a umidade, ajudando a manter a pele do bebê seca por até 12 horas.

– Diminui a a exposiςão da pele a substâncias irritantes externas.

– PREÇO: pacote de 56 fraldas custa R$ 59,90 (R$ 1,06 por fralda)

HUGGIES

ec3Outra marca que falam super bem é essa Huggies… parece que dá menos alergia nos bebês, algo do gênero.

O que li sobre ela:

– Desenvolvida exclusivamente para bebês com menos de um mês de vida (ou seja, deve ser bom mesmo pra recém-nascido né?! Imagino…).

– Eles tem versão pra menina e pra menino… (isso me parece muito útil).

– Possui uma cobertura suave com toque de algodão, além de laterais mais macias que não agridem a pele do bebê (mas isso todas tem né?).

– Possui fórmulas testadas dermatológica e oftalmologicamente.

– PREÇO: pacote de 38 fraldas custa R$ 24,90 (R$ 0,65 por fralda) - a mais barata!!

E agora?!?!!? O que fazer?!?!?!? Qual comprar?!?!?!?! Como testar?!?!?!?

Mamães de plantão, me ajudem :)

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro blog feito para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:



Compre Dualette e concorra a prêmios :)

Print Friendly

Pessoal,

Não tem coisa melhor do que comprar um produto de altíssima qualidade e ainda concorrer a prêmios incríveis, né? Imaginem então, se o prêmio for um carro Mitsubishi ASX e peças com  cristais de Swarovski®?

IMG_1031

Pois bem, a linha de produtos Dualette está com esta promoção incrível na compra de qualquer produto da marca :)

Sobre a Promoção

Para participar desta superpromoção basta comprar e cadastrar o código de barras no site:  bit.ly/PromoDualette e concorrer a um carro de alto padrão! Além disso, você pode encontrar uma das 1.000 peças com cristais Swarovski® que estão escondidas nas embalagens promocionais. E por falar nisso, nós encontramos uma das peças!

Olha só:

IMG_1034

Olhem que FOFOS esses brincos Swarovski®:

IMG_1035

IMG_1040

IMG_1033

Importante mencionar que todos os produtos Dualette participam da promoção: Papel Higiênico Dualette Premium Folha Tripla 4 e 12 Rolos (20 m), Papel Higiênico Dualette Ultra Folha Dupla 4, 12, 16 e 24 e 32 Rolos (30 m), Papel Higiênico Dualette Decorado Folha Dupla 4 Rolos (30 m) e Papel Higiênico Dualette Ultra Folha Dupla 4 e 8 Rolos (50 m).

A promoção é válida até 31.8.2015 e o sorteio será dia 19.9.2015.

Quem aí conhece Dualette?

Eles têm os melhores papéis higiênicos que já usei! São lisinhos e absorvem bem, pois são fabricados com 100% de fibras naturais e extrato de seda.

A marca tem três tipos de papéis. Vou detalhar cada um deles aqui, para facilitar quando forem ao supermercado.

Olha só:

Dualette Premium Folha Tripla

O papel higiênico Dualette Premium folha tripla é DE-MAIS: ele é supermacio! Dá pra sentir na hora de usar, sabe? E tem uma coisa bem bacana também: tecnologia controle de odor, ou seja, o próprio papel suaviza o cheiro do cestinho de lixo. Achei ótimo e superrecomendo testarem, pois faz toda a diferença!

Dualette Ultra Folha Dupla

O papel higiênico Dualette Ultra folha dupla é ótimo também para o dia a dia. Ele tem uma superabsorção e é bem suave.

Dualette DUO Folha Dupla

O papel higiênico Dualette DUO é o mais diferente de todos, e na minha opinião: O MELHOR. Sabe aquele buraquinho no meio do papel higiênico onde tem um tubinho de papelão? Esse papel não tem esse tubo, no lugar tem outro rolo (mini) de papel higiênico. O bom é que você fica com um minirrolinho pra levar na bolsa, deixar no carro, colocar na mochila das crianças etc. Achei a ideia sensacional, afinal de contas, é sempre bom ter um rolinho de papel na bolsa, né mulherada?!

Toalhas de papel Folha Dupla e Tripla

Assim como os papeis higiênicos, já experimentamos também as toalhas de papel da marca e podemos dizer que realmente absorvem mais. A fritura fica sequinha e bem crocante! Para quem usa muito, como a gente rsrs, a melhor pedida é o pacote MaxiRolo com folha tripla.

Guardanapos Dualette

Suaves e muito práticos. Aqui em casa não falta. Os dois tamanhos da marca participam da promoção, o pequeno e o grande, ambos com folha simples.

Lenços Softy’s

Dá uma olhada na sua bolsa, eu tenho certeza que você tem algum lencinho da marca, principalmente os de bolso, acertei? Também são práticos para o dia a dia e nos auxiliam em tudo quando estamos fora de casa. Nós usamos também os lenços umedecidos da marca, ótimos para retirar a maquiagem e limpar a pele. Já o de caixa, também auxilia na hora da maquiagem e não sai do nosso banheiro. Ah, e claro, quando a gripe chega ele fica sempre à mão seja na mesa do escritório ou na bolsa.

Agora bora comprar as linhas de produtos Dualette pra concorrer a prêmios incríveis! Afinal, você é o máximo!

Beijos,

Enfim Casada: O primeiro blog feito para recém-casadas e novas donas de casa.

Esta postagem foi um oferecimento da Dualette.

Você também pode gostar de:



Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Diário de grávida: eterno sentimento de CULPA!

Print Friendly

Pessoal,

Quando estamos grávidas e o tempo vai passando e a barriga vai aumentando sempre surge aquela básica dúvida: “gente, calma! vou ser “mãe”… e agora? será que serei uma boa mãe? como vai ser?”. E o principal: “como vai ser a MINHA VIDA após eu me tornar mãe?”.

Quem nunca né!? Bom estou nessa etapa que tá caindo essa ficha que vou deixar de ser apenas “Cláudia” e virar a “mãe do Antônio” e hoje uma amiga também grávida me encaminhou um texto que simplesmente CHOREI de tanto rir.

Tenho milhares de amigas, conhecidas, familiares que são mães recente. Algumas com bebês recém-nascidos, outras já com filhos com seus 1/2 anos… e é muito curioso pois tirando algumas exceções é meio que unânime os comentários após o nascimento do baby:

- filho dá muito trabalho

- neném chora demais

- ser mãe é demais, amor sem fim, mas é exaustivo

- tem dias que dá vontade de chorar sem parar

- não consigo imaginar minha vida sem minha babá

- se a babá não vem eu mal converso com meu marido – e olha que eu era “contra” babá antes de me tornar mãe

E por aí vai…

MÃES MARAVILHA

Em paralelo a isso sempre tem a “culpa” que essas mães sentem ao colocar isso pra fora e dizer pro mundo “eu amo meu filho mais que tudo, mas é exaustivo ser mãe, às vezes dá vontade de entrar no quarto se trancar e só chorar”. Quem nunca né!? E eu só ouvindo todas elas e pensando: “como EUZINHA serei?”.

E obviamente tem as “mães maravilha” que dizem que os filhos são maravilhosos, não choram, não dão trabalho, as que dizem que dormem desde sempre noites inteiras e nuncaaaaa tiveram problemas e nem tiveram vontade de chorar após nascimento dos filhos.

Gente… PELAMOR né!? E aí as mães normais e “filhas de deus” vendo essas mães perfeitas entram no ciclo do sentimento de CULPA e se perguntam porque elas não se sentem tão completas como as demais.

Foi lendo esse texto que jaja compartilho com vocês que percebi que vivemos num mundo de cobranças e mentiras absurdo…

ec2

CASAMENTOS “CONTO DE FADA”

Primeiro tem a fase do casamento. Todas as suas amigas casam e tem aquelas que dizem que CASAMENTO É A MELHOR COISA DO MUNDO E QUE NUNCA BRIGAM COM OS MARIDOS

Gente… a quem vocês querem enganar?!?!?! TODO MUNDO que casou sabe que sim, casamento é bom mas NÃO não é um conto de fadas. Tem fases boas demais e tem fases FODAS demais. Tem fases que só brigamos, tem fases que só quebramos o pau… e por aí vai…NÃO EXISTE PERFEIÇÃO.

E você tem que ouvir de pessoas próximas que a vida delas é incrível e com isso óbvio vem o bom e velho sentimento de CULPA! Você passa dias se perguntando porque seu casamento não é tão perfeito.

ec3

MATERNIDADE PERFEITA

E descobri estando grávidsa que o mesmo acontece com a MATERNIDADE. Tem gente que diz que engravidar e ter barrigão e sintomas da gravidez são as melhores coisas do mundo. Gente pra cima de mim?????

Dói TUDO! Dá enjoo, você come pra caralho (sorry o palavreado), dói as costas, você não dorme mais direito, falta ar, vocÊ sobe 1 lance de escada e parece que correu uma maratona de 20km, você engorda pra caralho (desculpem de novo o palavreado)… e seu peito!?!?!? Gente eu já aumentei DOIS TAMANHOS DE SOUTIEN!!! Jajá vou parar no número 50!!!! E jaja as auréolas começam a escurecer… sexy!??!! Nenhum pouco né?!

Então dizer que ter um filho dentro da gente é incrível eu concordo 100%, é algo mágico e de Deus MESMO! É uma sensação única que eu quero viver intensamente e se Deus me permitir ter mais filhos pra poder passar por isso.

Agora me dizer que “é bom viver a gravidez” no quesito “sintomas” e tudo que acontece com o seu corpo é “a melhor coisa do mundo” = ME POUPE!!!

Mas aí a gente vê essas futuras mães só elogiando e novamente vem o sentimento de CULPA de porque você não se sente tão feliz assim estando grávida?

Worried young woman being accused

SER MÃE É SE FUDER NO PARAÍSO

Bom, desabafo feito… vamos ao melhor texto ever e que EU SEI que traduz o sentimento de muitas mães por aí… o texto é do blog “Mulher que corre com lobos” que confesso que não conhecia até hoje. Porém já me identifiquei e muito com a escritora do blog, a Fernanda Nunes.

Tomei a liberdade de compartilhar aqui o texto dela, e acredito que todas as mães e futuras mães que estão vivendo essa mesma fase que eu, irão se identificar… mesmo aquelas “mães perfeitas” quando lerem lá no fundinho delas vão dizer “é isso mesmo”.

Preparadas?!?! Vamos ao texto:

Bento tinha 15 dias quando fui pela primeira vez à pediatra. Estava feliz e molenga exibindo meu rebento pelas ruas. Na consulta, ele se manteve quieto, exceto no momento em que ela tirou a sua roupa e tocou nas suas bolas. Bolinhas. Ele sempre detestou essa burocracia toda que envolve roupas. Houve uma fase (verão, obviamente) que eu evitava trocar as roupas dele, só para não contrariá-lo. Para sair do consultório fiquei 45 minutos na sala de espera dando de mamar para acalmá-lo. O que aprendi com isso? “Não se mexe com quem tá quieto.” Noutras palavras, Bento feliz, eu feliz. Bento quieto, eu imóvel.

Na volta para casa, ele veio no canguru dormindo (graças ao Senhor). Entrei na minha vila e cruzei com duas vizinhas, irmãs. Uma delas, mãe de 3 (haja coragem), me perguntou:

- Já teve vontade de jogar pela janela?

Eu ri e respondi:

- Ainda não!- eu só tinha 15 dias na condição materna, no momento com 8 meses, faz todo sentido.

-Vai ter! E é normal. Só não é normal se você jogar. Essa é a maternidade real. Você vai sentir raiva dele. Anota, pois isso não está nos livros.

Não está mesmo.

Ó bebê santo, fofo e indefeso! Sim, eles são isso tudo. Isso “tudo” é o que salva. Sua fofura e a ocitocina que foi descarregada no meu corpo durante o meu parto são as armas (do bem) que salvam Bento dos meus momentos de fúria. Amiga mãe e gestante, eu não senti, e sinto com frequência, raiva, eu senti, sinto e sentirei (inevitavelmente) fúria! Fú-ria! Sabe pelo quê? Por coisas aparentemente idiotas, mas que ilustram o lado não muito cor de rosa da maternidade. Tipo, dormir. Depois de passar 8 meses dormindo picado, você quer ouvir a Sandy cantando “Imortal não morre no final” mas não quer ouvir a voz do seu filho te chamando às 2am. Outra coisa que vai te irritar, surtos de choro quando você está tentando uma interação social. Saio com meu filho para um almoço com amigos e ele resolve ficar enjoadinho, reclamão. Você pensa, normal né? Que tipo de criança quer ficar parada? Só as doentes ou as que foram embebidas num caldeirão de maconha ao nascer. Não foi o meu caso e eu não estou reclamando, mas… Me irrita, e assumo, me ressinto pela perda da minha liberdade. Conheço mães como eu e isso me alivia. Assumimos os pesares da maternidade sem nos abster de nenhum cuidado com nossos filhos (vai ter vontade de jogar, mas não coragem, lembra?).

Num livro muito divertido sobre a história de uma mãe que tinha um bebê pesado como o meu, ela cria a seguinte imagem: ser mãe é como estar dentro de uma piscina de ondas 24horas. É exaustivo.

Vejo na mídia e nos livros, discrições do paraíso em torno da maternidade. “Ser mãe é padecer no paraíso”- a frase soa bonitinho, comportado. Quer saber mesmo o que é ser mãe? Ser mãe é se fuder no paraíso. Você experimenta o maior amor que poderia sentir, pelo ser aparentemente mais adorável que poderia existir e, por conta disso, tem que suportar todas as dificuldades para cria-lo bem. Vai ter que dar espaço para ele exibir sua personalidade e o que vai te restar é aceitação.

Outra coisa que tinham que ensinar pra gente (se tentaram me ensinar, matei essa aula) é como ter, fazer brotar, paciência. Já me peguei com o Bento chorando, segurando sua mão e emanando o ohn. Ele parou de chorar, não porque se acalmou com o mantra, mas porque achou esquisitíssimo sua mãe de olhos fechados repetindo a mesma coisa. Acho que no fundo ele sabia: “é melhor eu parar, ela está no limite, vai me colocar na cestinha.”

Existe prótese de paciência? Eu compraria.

Quando estou na piscina de ondas por muito tempo, direto com ele sem alguém para me render, entro num estado irritável muito grande. Levo ele para passear e me deparo com mães felizes na pracinha. Nada me faz mais culpada e raivosa do que mães felizes na pracinha. Começa a conversa de Alice no país da maternidade. Meu impulso é falar “Tá bom, vamos falar a verdade, tem horas que dá vontade de bater a porta e isolar a chave, num é?” Não está nos livros, nem na internet, nem na conversa das mães da pracinha, o lado negro da maternidade. Você vai querer tomar um porre. Vai querer passar o dia na Prainha, e não duas horas do melhor sol no Ipa bebê cercada de crianças que jogam areia em você. Vai querer ouvir Florence and The Machine no carro e não o novo cd do Palavra Cantada. Vamos! Assuma!

A única coisa que essas falsas expectativas fazem é gerar culpa. Saio da pracinha me sentindo odiável e com pena do Bento por me ter como mãe. Também não está nos livros, culpa é inerente à maternidade, andam de mãos dadas. Sua motivação é que você quer ser a melhoooorrr mãe do muuundo. O que não sai como o esperado, vai para sua caixinha de culpa. O problema é que culpada, você procura ser melhooorrr ainnnddaaaa, enquanto deveria ser o melhor possível, pois você também é protagonista nessa história.

Talvez, eu me sinta culpada por essas palavras (ou seria um desabafo?), mas vou me prender ao que minha vizinha me disse.

Eu não joguei pela janela.

Para entrarem no blog da Fernanda e lerem mais textos dela, cliquem aqui.

ec4

Espero que gostem do post diferente de hoje :)

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro Blog para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:



Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Diário de gravidez: aplicativo que te conta tudo o que vai acontecer, todos os dias!

Print Friendly

Mamães de plantão,

Hoje a dica é para vocês… quando fiquei grávida logo fui atrás de aplicativos e livros pra embarcar de cabeça no mundo e assuntos de gravidez.

A primeira dica que darei aqui sobre isso é o aplicativo chamado BABY CENTER pra baixarem nos respectivos celulares. Eu tenho iphone, mas quem tem Android acho que dá pra baixar também. Procurem na “app store” de vocês “baby center” e baixem, é de grátis :)

Olhem a imagem que aparece para terem certeza que estão baixando o aplicativo certo:

ec

Eu brinco que o Baby Center é tipo Deus, porque ele simplesmente sabe tudo que vai acontecer durante todos os dias da gravidez. É assim: um dia acordo com umas pontadas no útero, no dia seguinte eu entro no aplicativo e o tema do dia é “pontadas no útero”. JU-RO!

Aí tem o dia que você acorda com o peito ENORME, e o aplicativo logo te diz “a partir de hoje, seus seios começarão a crescer”… ou então o dia que você já tem 4 meses de gravidez e nada de barriga e está mega ansiosa pra pança começar a crescer, então lá vem o baby center dizendo “é possível que sua barriga ainda não tenha crescido nada, mas fique calma pois a partir de x data ela começara”: e JU-RO no dia x que ele diz, você acorda e sua barriga do nada surge!

Gente sério… não sei o que seria da minha vida sem esse aplicativo… não por ele simplesmente me dizer tudo da minha gravidez, mas por ele simplesmente me acalmar!! Meu médico que deveria ser grato pois o aplicativo me poupa mil ligações pra ele desesperadas querendo saber se está tudo certo. Eu ainda que sofri aborto no início do ano (quem não leu este post, clique aqui), qualquer dorzinha ou algo diferente que sinto já fico MEGA PREOCUPADA e quero correr pro hospital ou médico. Mas aí se o aplicativo me diz que tá tudo certo, eu simplesmente acredito porque quem sou eu pra duvidar dele né?! Hehehe parece brincadeira mas juro, ele tem me dado uma segurança enorme.

Ah e toda semana eles mandam um email dizendo qual semana você entrou, e dizendo novamente todas as mudanças que irão acontecer naquela semana…

ec

Obviamente ele também conta TUDO do baby, tudo! Tudo que está sendo desenvolvido, tudo que ele tem ou não tem… o que ele está fazendo. Há umas semanas atrás recebi o email dizendo “a partir desta você começará a sentir os chutes do bebê”. Dito e feito: comecei a sentir! Tem uns videozinhos que mostram a evolução do bebê, que até emociona de ver tudo que está acontecendo dentro de você, é muito louco tudo isso. Olhem:

ec1

Ah e ACHO que dá pra acompanhar pelo site também tá? Precisa entrar lá e fuçar, não tenho certeza: http://brasil.babycenter.com

É demais gente, vale a pena baixar ele e ter ele te acompanhando toda gravidez <3

Espero que gostem da dica de hoje.

Bjos,

Enfim Casada: O primeiro Blog para recém-casadas e novas donas de casa.

Você também pode gostar de:



Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 Page 1 of 187  1  2  3  4  5 » ...  Last » 

Mantido por Absoluto Web.