nov 132018

A Associação Cultural Brasil-Estados Unidos Acbeu, centro
cultural binacional, está com as inscrições abertas até a próxima quarta-feira, 25, para os
interessados em concorrer a uma bolsa integral do curso English3 (English
Cubed), que visa preparar alunos de graduação para o Programa Ciência sem
Fronteiras, do Governo Federal. Para participar da seleção é necessário ter
nível intermediário de inglês.
Além de preencher o formulário disponível no endereço
eletrônico http://www.acbeubahia.org.br/outros/English3_Applicationform.doc,
o estudante precisa levar os seguintes documentos: histórico escolar de 2011
(que comprove a matrícula, o período que o aluno está cursando e as notas com o
seu desempenho acadêmico) em curso superior de tecnologia nas áreas indicadas
no descritivo do programa Ciência sem Fronteiras; comprovante do resultado no
Exame Nacional do Ensino Médio Enem, com pontuação mínima de 600 pontos;
comprovante de renda dos pais e também do candidato à bolsa de estudos, caso
trabalhe.
Conheça o programa Educa Mais Brasil 2019 e saiba
como realizar cursos com bolsas de estudos de até 70%, sendo esses cursos desde
o nível básico até a pós-graduação, não perca essa oportunidade incrível.
As inscrições
Educa Mais
podem ser realizadas pelo site oficial do programa, basta que você
escolha o curso desejado e informe os seus dados de forma correta.
A duração do curso é de 15 semanas, sendo 10 horas de aulas
semanais. As inscrições podem ser feitas nas secretarias da Acbeu Pituba, Vitória
e Magalhães Neto, das 8h às 18h. O conteúdo programático será dividido entre
preparatório para o Toefl, com 60 horas, vida acadêmica nos Estados Unidos, com
30 horas, e técnicas de redação, com 60 horas. O curso incluirá componentes
presenciais e on-line, onde o estudante deverá obter uma participação de no
mínimo 80% para receber seu certificado de conclusão. As aulas vão começar na
primeira quinzena de maio. 
Outras informações falar com Magnólia Santos pelo telefone
(71) 3340-5400.

out 252018

 

Muito em breve o MEC – Ministério da Educação divulgará as
primeiras informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019. Neste
artigo os estudantes que pretendem participar poderão entender a Correção da Redação do Enem 2019. Confiram:
As inscrições
do Enem 2019
estarão disponíveis já em maio e poderão ser efetuadas somente
através da internet, e exclusivamente no site oficial do exame ().
As provas serão aplicadas no mês de outubro, já que 2019 não
se trata de um ano eleitoral. As datas exatas da aplicação das provas serão
divulgadas em breve pelo MEC, através do Cronograma do Enem 2019.
Serão aplicadas no primeiro dia (sábado) as provas de
Ciências da Natureza e Ciências Humanas, cada uma com 45 questões de múltipla
escolha. A duração das provas no primeiro dia é de quatro horas e trinta
minutos.
Já no segundo dia (domingo) serão aplicadas 45 questões de
Matemática e outras 45 de Linguagens e Códigos, além da aguardada Redação do
Enem 2019. Por conta da aplicação da redação a duração das provas no segundo
dia será de cinco horas e trinta minutos.
Muitos estudantes não entendem ou não conhecem e buscam
antes mesmo da aplicação das provas como é feita a Correção da Redação do Enem 2019.
Veja abaixo como funciona:

Entenda a Correção da Redação

No Enem cada texto é
avaliado por dois corretores, que têm a função de atribuir uma nota de 0 a 200
pontos em cada uma das cinco competências abaixo:
– Domínio da norma padrão da língua portuguesa;
– Compreensão da proposta de redação;
– Seleção e organização das informações;
– Demonstração de conhecimento da língua necessária para
argumentação do texto; e
– Elaboração de uma proposta de solução para os problemas
abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades
socioculturais.
A nota final da redação do Enem 2019 é a média aritmética da
pontuação total dada pelos dois corretores, exceto em casos em que há
discrepância entre as duas notas.
Considera-se discrepância a divergência de notas atribuídas
pelos avaliadores quando elas diferirem, no total, por mais de 100 pontos ou a
diferença for superior a 80 pontos em qualquer uma das cinco competências.
Neste caso a redação será avaliada por um terceiro avaliador
e a nota final será a média aritmética das duas notas totais que mais se
aproximarem.
Porém se a discrepância ainda continuar depois da terceira
avaliação a redação será avaliada por uma banca composta por três professores,
que atribuirá a nota final do participante.
O que você acha da Correção da Redação do Enem 2019? Deixe
seu comentário abaixo. Boa sorte!